,

,
,

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Dona tenta há um ano reaver moto recuperada pela polícia após furto em catalão

Desde que foi achado, veículo está no pátio da delegacia de Catalão, GO.
No entanto, falta de peritos impede que motocicleta seja liberada.
Há mais de um ano a gerente Vanessa Menezes da Silva tenta recuperar uma motocicleta apreendida no pátio da delegacia de Catalão, no sul de Goiás. Ela afirma que o veículo foi furtado em 2013, mas recuperado pela polícia uma semana após o furto. Porém, apesar da rapidez em solucionar o crime, a proprietária ainda não conseguiu ter a moto de volta.
O motivo, segundo a delegada Marcela Magalhães, é o fato dos criminosos terem raspado a numeração do chassi do veículo. A delegada afirma que vários ofícios já foram enviados à Polícia Técnico Científica em Goiânia, solicitando que peritos da capital liberem a moto.“Infelizmente, é um lugar só para atender a um estado inteiro. Os núcleos regionais não fazem esse tipo de perícia e, infelizmente, a perícia não é feita. Aí o veículo não pode ser liberado”, explica.Segundo a gerente, mesmo com a moto retida pela Polícia Civil, ela continua arcando com o pagamento de impostos. “Estou me sentindo vítima duas vezes. Primeiro do ladrão e depois do sistema porque como é que uma cidadã do bem, que cumpre todos os seus deveres como cidadã, não tem esse retorno quando precisa?”, questiona.Segundo o Instituto de Criminalística, não é possível enviar peritos para Catalão porque não há pessoal disponível. Ainda de acordo com o instituto, a dona da moto terá de esperar até que haja um concurso público para a contratação de mais peritos, ou pagar um guincho com o próprio dinheiro para levar a motocicleta até Goiânia onde deve ser feita a perícia.fonte g1goias




 
Copyright © 2013 OUVIDOR AGORA - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT