,

,
,

sábado, 29 de março de 2014

Sete pessoas são mortas em menos de 12 h em Aparecida de Goiânia

Polícia Civil já começou a investigar, mas não obteve informações dos casos.
Em um dos crimes, homens chegaram a disparar 15 vezes contra as vítimas.

Sete pessoas foram assassinadas em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana, entre a noite de sexta-feira (28) e a madrugada deste sábado (29). A Polícia Civil já começou a investigar os casos, mas, até o momento, possui poucas informações sobre os motivos dos crimes. Em alguns casos, a polícia vai solicitar imagens de câmeras de seguranças de imóveis próximo aos locais onde ocorreram os homicídios para tentar esclarecê-los.Na noite de sexta-feira, um jovem de 22 anos foi morto com cinco tiros, que atingiram o tórax, o braço e a cabeça, no setor Parque Trindade. De acordo com informações do posto policial do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), a vítima chegou a receber os primeiros atendimentos de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhado para a unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ainda de acordo com o posto policial, o homicídio pode ter sido causado por crime passional.

No setor Cruzeiro do Sul, dois homens chegaram de carro em um bar por volta da meia noite deste sábado, desceram do veículo e atiraram em um homem, de 22 anos, e em uma mulher, de 36, que estavam em uma mesa no local. A perícia feita no local constatou que 15 tiros foram disparados no local. No início dos disparos, o homem que foi executado segurava um bebê no colo. Uma menor, que também estava no local e, de acordo com testemunhas, era mãe da criança, foi atingida de raspão na perna. A criança não se feriu.
O bar estava cheio no momento do crime. Testemunhas que estavam no local no momento do crime relataram o momento de terror vivido. “Todo mundo pensou que era um assalto no momento. Ele chegou e colocou todo mundo pra dentro, aí teve gente entrando embaixo da mesa e dentro do banheiro. Mas alguns segundos depois começou o tiroteio”, disse um dos frequentadores que não quis se identificar.
No fim da madrugada, na Vila São Tomaz, um jovem de 26 anos também foi morto a tiros. O rapaz estava próximo a uma distribuidora de bebidas. Moradores das imediações relataram à Polícia Militar (PM) que ouviram disparos de arma de fogo. Segundo a PM, a vítima era usuária de drogas e foi morto durante uma discussão com outros usuários.g1/goias




 
Copyright © 2013 OUVIDOR AGORA - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT