,

,
,

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Velório de pai e 4 filhos vítimas de acidente tem tumulto e polícia no DF

Quatro crianças e pai foram velados em cemitério de Brazlândia.
Motorista entregou carta à ex-mulher antes de bater de frente com carreta.

As quatro crianças que morreram em um acidente na BR-070 no último sábado (24) foram veladas no cemitério de Brazlândia, no Distrito Federal, no início da tarde desta segunda-feira (26). O pai, que também morreu na colisão com uma carreta, foi velado no mesmo local. O enterro está previsto para 16h.
Durante o velório, houve um princípio de tumulto envolvendo familiares do pai, Marcos Aurélio Almeida Santos, de 42 anos, e parentes das crianças por parte de mãe.A Polícia Militar teve de pedir reforços para controlar a situação, mas não houve registro de incidentes até as 15h30.Segundo sargento da PM Abimael Santos, a segurança foi reforçada para impedir incidentes entre as famílias e por suspeita de haver uma pessoa armada no local. Foram vistas seis viaturas da corporação no cemitério.A corporação estima que 150 pessoas compareceram à última homenagem às crianças. As vítimas são três meninos e uma menina entre 2 e 5 anos.Acidente
Santos estava dirigindo com os quatro filhos na estrada perto de Cocalzinho de Goiás, no Entorno do DF, quando o veículo bateu de frente com uma carreta ao realizar uma suposta ultrapassagem em local permitido. O caminhoneiro não teve ferimentos.Ao buscar os filhos na casa da ex-mulher, Santos a entregou uma carta minutos antes do acidente dizendo que ela não veria mais as crianças. O G1 teve acesso à carta de quatro páginas. "Samara, espero que quando você estiver lendo essa carta eu e os meus filhos já estejam (sic) bem longe", diz na primeira frase. "Hoje é um grande dia, para mim e meus filhos. Estaremos buscando um lugar de paz onde não exista humilhação e covardia."Na delegacia de Águas Lindas, o acidente foi registrado como quatro homicídios e um suicídio. Segundo o delegado Renato Sampaio, há indícios de que não se trata de um acidente, "já que a carta tem um tom de despedida", mas as investigações continuam.De acordo com o delegado, o motorista do automóvel se separou há pouco tempo da mãe das crianças. A mulher afirmou na delegacia que não leu a carta imediatamente depois que ela foi entregue. Quando começou a lê-la, Santos já tinha saído com as crianças.
O motorista da carreta não havia sido ouvido até o fim da tarde deste domingo (25). O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Águas Lindas de Goiás, que é responsável por apurar crimes na região onde o acidente aconteceu. Nesta segunda, a investigação seria transferida para a Delegacia de Homicídios do município.
Ameaças
A mãe das quatro crianças abriu dois processos contra o ex-marido no ano passado por violência doméstica. Segundo o Tribunal de Justiça do DF, em setembro e em dezembro do ano passado, Samara Alves da Silva, de 24 anos, pediu à Justiça medida protetiva de urgência pela Lei Maria da Penha contra Santos.

Trecho final da carta que o motorista entregou a ex-mulher minutos antes do acidente (Foto: Reprodução)
Em dezembro, também foi aberto inquérito policial por injúria, tendo Samara como ofendida e Santos como agressor. O inquérito foi juntado à ação que já tinha sido aberta em setembro. Os processos não chegaram a ser julgados.
Segundo uma familiar que não quis se identificar, Santos ficou 47 dias sem ver as crianças por ordem judicial. De acordo com a mulher, em audiência nesta quarta-feira (21), o juiz autorizou que Santos pegasse os filhos para passear no fim de semana. O G1 não conseguiu confirmar a existência dessa ordem judicial com a vara responsável pelo caso.
Segundo a parente, Santos e Samara estavam juntos há sete anos, mas se separaram há dois meses. Ela afirmou que o relacionamento deles sempre foi conturbado, com idas e vindas. A familiar também disse que o homem era agressivo e ciumento e que o casal sempre discutia.
"Ele agredia ela direto, mas era carinhoso com os filhos, apesar de às vezes bater neles", afirmou. "Acho que ele era bipolar, ele gostava muito dos filhos do jeito dele, né?" De acordo com a mulher, Samara está em choque e está sendo medicada.fonteg1goias



 
Copyright © 2013 OUVIDOR AGORA - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT