,

,
,

domingo, 8 de junho de 2014

Centenas de pessoas homenageiam Fernandão em cortejo por Goiânia

Corpo é levado por caminhão do Corpo de Bombeiros até cemitério.
Atleta e mais quatro pessoas morreram em queda de helicóptero em Goiás.


Centenas de pessoas fazem homenagem ao ex-jogador de futebol Fernando Lúcio da Costa, de 36 anos, conhecido como Fernandão, em cortejo pelas ruas de Goiânia. A saída do corpo do Ginásio da Serrinha, sede do Goiás Esporte Clube em Goiânia, estava prevista para 14h30, mas foi antecipada para as 14h10 deste domingo (8) a pedido da família de Fernandão. O corpo será enterrado no Cemitério Jardim das Palmeiras, no Setor Fama.
Ídolo do Goiás e do Internacional, Fernandão e mais quatro pessoas morreram na queda de um helicóptero na madrugada de sábado (7), em Aruanã, a 315 km da capital. O acidente ocorreu logo após o grupo deixar um acampamento às margens do Rio Araguaia em direção à cidade.O trajeto do cortejo para o cemitério começa pela Avenida 85, seguindo pela Avenida Mutirão, Avenida Portugal, Alameda das Rosas e Avenida Independência até chegar ao cemitério, no Setor Fama. Após a chegada, será celebrada uma missa e em seguida acontece o sepultamento.Antes da saída em direção ao cemitério, um padre pediu que ficassem no Ginásio apenas familiares e amigos próximo para uma oração, reunindo cerca de 200 pessoas. A missa terminou com uma salva de palmas para o ídolo.O atacante Iarley, que jogou com Fernandão no Goiás e no Inter, foi um dos que ajudaram a carregar o caixão até o caminhão do Corpo de Bombeiros.Família

O ex-jogador Fernandão era casado há 14 anos com Fernanda Bizzotto Costa, com quem teve um casal de gêmeos de 11 anos. Ele também deixou uma filha de 15 anos, de um relacionamento anterior.Além de jogadores e ex-companheiros em clubes como o próprio Goiás e o Internacional, onde Fernandão foi capitão nas conquistas da Libertadores e do Mundial de 2006, dirigentes das duas equipes e autoridades locais também passaram pelo velório,Na noite de sábado, compareceram ao velório o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), e o ex-governador Iris Rezende (PMDB).Luto
Emocionado, o golerio Harlei de 42 anos, foi o primeiro jogador a comparecer ao velório do ex-atacante neste domingo. Juntos, Harlei e Fernandão consquitaram inúmeros títulos, como a Série B de 1999, o pentacampeonato goiano, na temporada seguinte, e a Copa Centro-Oeste.
“O Fernando era uma pessoa muito querida, estava sempre alegre e sorridente. Nos encontrávamos sempre no clube, pois seu filho jogava na escolinha do Goiás. É uma perda muito grande”, disse Harlei.O ex-jogador Túlio Maravilha, um dos principais atletas da história do Goiás, também esteve no velório e lamentou a perda do amigo: "Recebi a notícia pela manhã e ainda não consigo acreditar. Era uma grande pessoa, um “gentleman”. Todos fomos pegos de surpresa com essa tragédia. O Fernandão tem cadeira cativa entre os maiores do Goiás e tinha um futuro promissor como dirigente ou comentarista".


Comoção
A morte de Fernandão comoveu milhares de fãs. Torcedora do Internacional, a presidente Dilma Rousseff lamentou a perda no Twitter. “Fernandão deixará saudades. Lamento muito a morte de #Fernandão, ídolo do Internacional e de todos os amantes do futebol", afirmou.Dilma Rousseff ainda ressaltou o bom caráter do ex-jogador. “Campeão Mundial de clubes dentro de campo, Fernandão era fora de campo exemplo de caráter”, destacou.Em Porto Alegre, centenas de colorados fizeram vigília em frente ao Beira-Rio, na Avenida Padre Cacique. Neste domingo, o Inter promoverá uma missa no auditório Araújo Vianna, às 17h, e também já anunciou que não irá usar a camisa 9 no próximo jogo do clube no Brasileirão, contra o Corinthians, após a Copa do Mundo.
fonteg1goias



 
Copyright © 2013 OUVIDOR AGORA - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT