,

,
,

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Continuam internadas três vítimas de vazamento de amônia em indústria em Pires do Rio



Elas foram transferidas de Pires do Rio para Goiânia, em estado grave.
Acidente feriu 23 pessoas, mas 20 delas já tiveram alta médica.

 

Três funcionários atingidos pelo vazamento de amônia de uma indústria de alimentos de Pires do Rio, a 145 km de Goiânia, seguem hospitalizados. Logo após o acidente, eles foram transferidos para o Hospital de Queimaduras da capital. Segundo o boletim médico divulgado na manhã desta terça-feira (26), o estado de saúde deles é grave, mas não há risco de morte.
As outras 20 vítimas do vazamento receberam alta do Hospital Municipal de Pires do Rio no mesmo dia do acidente, na segunda-feira (25). “Eles chegaram assustados com a situação, mas os sinais vitais, pressão arterial, a respiração estava adequada, de todos”, informou a diretora da unidade, Cleibe Gomes Ferreira.
Funcionários da indústria, que não quiseram se identificar, acreditam que o problema aconteceu em uma válvula do equipamento utilizado na refrigeração de câmaras frias. Eles contam que houve um grande barulho.
O Corpo de Bombeiros também suspeita que o problema ocorreu na tubulação. “Tudo indica que ocorreu um problema mecânico em algum componente da tubulação, que veio a atingir esse limbo de amônia e ocorreu o vazamento. Após um serviço de perícia, a gente vai poder afirmar 100% o que ocorreu”, afirma o tenente Bruno Dias Prudente.
Este foi o segundo vazamento de amônia na empresa somente no mês de novembro. A situação anterior foi registrada no último dia 14 de novembro, mas ninguém ficou ferido. “A gente tem feito todo o trabalho para que isso não aconteça. Mas acidentes acontecem, a gente tem que tentar evitá-los”, ressaltou o superintende do frigorífico, Juliano Tomazini.
fonteg1/goias 


 
Copyright © 2013 OUVIDOR AGORA - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT