,

,
,

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Família de mulher com 230 kg luta por vaga de UTI, em Goiás;

Com problemas nos rins, ela não consegue nem se levantar da maca. Secretaria Estadual de Saúde afirma que não pode ajudar a paciente. A família de Clarisse Geralda, que pesa 230 kg, está vivendo um drama em Catalão, região sul de Goiás. Segundo parentes, por conta da obesidade, os rins da mulher de 54 anos estão parando de funcionar. A paciente precisa de uma vaga de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para obesos. Mas, como não consegue o leito, ela está internada na Santa Casa de Catalão desde sábado (8). Imagens feitas por um celular mostram que a situação da paciente é complicada. Ela era dona de casa, mas atualmente não consegue nem se levantar da maca (veja vídeo acima). Os parentes da mulher estão desesperados com a situação. Sobrinha de Clarisse, Yarla Ramos diz que a tia tem vários problemas e precisa da transferência de forma urgente."Tem três dias que ela está internada aqui aguardando uma UTI. Só que Catalão não tem UTI que suporta, porque é uma pessoa que pesa mais de 200 kg. Ela está com problema renal, cardíaco e vascular. Ou seja, ela precisa de uma UTI urgente para reabilitação e depois fazer a cirurgia bariátrica", diz Yarla. Segundo os familiares, há um ano, Clarisse pesava 160 kg. Após sofrer uma depressão, ela acabou engordando mais 70 kg. A procura por tratamento começou há quatro meses, mas só na semana passada é que ela foi internada em um hospital de Ouvidor, cidade do sul goiano onde mora. Depois desse primeiro atendimento, a paciente foi transferida para Catalão. Filha de Clarisse, Milena Oliveira teme pela vida da mãe. “A gente precisa dessa vaga na UTI para tentarmos pelo menos salvar a vida dela. Se minha mãe continuar em cima daquela maca, ela não vai resistir”, relata. A direção da Santa de Casa de Catalão informou que não vai se pronunciar sobre o caso. Já a Secretária Estadual de Saúde (SES) afirmou que não tem como fazer nada para ajudar a mulher. Disse que ela terá de aguardar uma vaga de UTI em algum hospital goiano conveniado ao Sistema Único de Saúde (SUS). Fonte G1;GOIAS


 
Copyright © 2013 OUVIDOR AGORA - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT